O poder da imaginação


As fantasias sexuais são úteis para consolidar a relação e dar asas à intimidade. Mas cuidado com o que imagina, não vão os sonhos assustar a realidade

Fantasiar é sonhar acordado. Toda a gente fantasia de alguma forma, seja a imaginar que ganha a lotaria, que se vinga do chefe detestável ou que acorda com menos vinte quilos. A fantasia é uma dimensão fundamental da natureza humana. A imaginação fértil que caracteriza as brincadeiras das crianças é sinal de bom desenvolvimento intelectual e emocional.

Quando crescemos, aprendemos a distinguir claramente a realidade da imaginação, mas é bom que consigamos manter a capacidade de nos deixarmos embalar pelas nossas próprias ficções. Mas mesmo quando nos esforçamos para reprimir as fantasias durante o dia, elas acabam por surgir durante o sono.

Compreender as fantasias

As fantasias sexuais variam em função das preferências de cada um. Mas muita gente sente-se desconfortável e até sente vergonha das suas fantasias, receando o rótulo de “tarados” por se excitarem com situações reprováveis aos olhos dos outros.

As fantasias sexuais exprimem, muitas vezes, aspectos do nosso inconsciente. Assumir papéis dominadores ou submissos numa fantasia pode estar ligado ao desejo de experimentar uma personalidade diferente da que temos, sem que isso implique qualquer responsabilidade. E isto pode ser realmente muito excitante! Tal como ficcionar atitudes que nunca teríamos na vida real, como fazer amor num local público ou com determinada pessoa.

Muitas das vezes, as fantasias excitam-nos exactamente por não serem reais. E, muitos casos, se a ficção se tornasse real, deixaria de ser excitante para se converter num pesadelo. Por exemplo, quando uma mulher fantasia com situações de sexo forçado, ela sabe distinguir perfeitamente a ficção da realidade e está longe de desejar, de facto, ser violada.

Muita gente convence-se que o facto de fantasiar com outra pessoa que não o seu parceiro é uma forma de traição, por revelar o desejo de ser infiel ou por ser a prova de que já não se consegue excitar apenas com a pessoa que ama.
Mas raramente este receio tem fundamento. Muitos especialistas defendem que as pessoas que mais fantasiam são precisamente aquelas que se encontram em relações apaixonadas, felizes e íntimas, em que a confiança mútua permite à mente explorar locais e situações que o corpo não tem intenção de visitar.

Os benefícios das fantasias

Diz-se que o sexo começa na cabeça. Uma imaginação activa permite-nos estar prontos para o sexo antes de qualquer aproximação física ter acontecido. A partir daí, o desejo está ao rubro e a excitação fisiológica é muito mais rápida e intensa.

Há quem considere que uma boa imaginação sexual é útil para evitar cair na rotina. Sobretudo se um dos elementos do casal não apreciar grandes novidades na cama, as fantasias são uma forma suave de apimentar e “segurar” uma relação de longo prazo. Aos mais inibidos, as fantasias sexuais podem servir de preparação, enquanto ganham confiança para tentar algo novo.

Aprender a fantasiar

Se acha que não é muito dada a fantasias mas gostava de experimentar, aqui ficam algumas dicas. Se, para os homens, a pornografia é, normalmente, muito entusiasmante, a maioria das mulheres identifica-se mais com histórias, cenários e acessórios eróticos. Procure nas livrarias revistas e livros sobre arte erótica, com imagens bonitas e sugestivas. Filmes ditos “soft porn” apostam mais no argumento e nos detalhes cenográficos do que nos grande planos de sexo explícito das tradicionais fitas pornográficas. Atreva-se a entrar numa sex shop: vai encontrar algemas felpudas, máscaras do tipo “tiazinha”, jogos do género trivial persuit (imagine o teor das perguntas…), óleos de massagem, lingerie como não há nas lojas normais… Descubra o que mais a inspira, relaxe e deixe a fantasia fluir.

Clique aqui para ficar a conhecer um exercício prático que pode ajudar a imaginação erótica

As fantasias mais comuns dos homens:

  • fazer amor com uma parceira imaginária
  • fazer e receber sexo oral
  • ter relações sexuais com mais do que uma pessoa ao mesmo tempo
  • assumir um papel dominador
  • assumir um papel passivo e submisso
  • reviver uma experiência anterior
  • observar outros a fazer amor
  • experimentar novas posições sexuais

As fantasias mais comuns das mulheres:

  • fazer amor com um parceiro imaginário
  • sexo oral
  • fazer amor em locais exóticos e românticos
  • fazer algo proibido
  • assumir um papel submisso
  • reviver uma experiência anterior
  • ser considerada irresistível
  • experimentar novas posições sexuais

Partilhar fantasias? Cuidado!

Alguns casais acham que partilhar (e pôr em prática) fantasias sexuais ajuda a cimentar a confiança e a intimidade. Outros pensam exactamente o contrário. Uma fantasia sexual é algo extremamente pessoal. Revelá-la a alguém de quem se gosta envolve algum risco. Como é que vai lidar com a situação se o seu companheiro não aceitar bem a sua fantasia? Ou se tentarem pô-la em prática e não resultar? Partilhar fantasias pode ser libertador,mas também é um risco. Se não correr bem, gera insegurança e inibição, ou seja, o oposto do que se pretendia. Por isso, sinta o terreno primeiro. Aborde o tema das fantasias de uma maneira geral. Avalie a reacção dele(a) e, se achar que vale a pena, concretize com cautela.

Tirado de: http://www.diasfelizes.iol.pt/noticia.php?div_id=2032&id=729885

Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Deusa

     /  05/05/2008

    Bem…este tema é para mim uma cereja em cima do bolo, tenho uma imaginação muito fértil, embora muitos dos meus contos sejam mais relatos, tudo acontece porque fantasio imenso,imagino, fecho os olhos e depressa me vejo a gozar de bons momentos sexuais. Todos podemos até nunca ter exprimentado algo, mas o facto de termos conhceimento sobre determinada expriência, leva-nos a desejar q ela se concretize, eu não podendo realizá-la por algum motivo, tendo de forma intensa fantasiar, gozando de uma estonteante masturbação e dceixando ainda mais vontade de exprimentar, pois se dó de ter as ditas fantasias me excito, meu deus como será realizar mesmo.
    Contudo, também não pretendo desvendar o gostinho de todas elas, algumas fantasias são para se manter assim mesmo, apenas para despertar a líbido e deixar levar-nos na onda do prazer.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: